TURISMO ACESSÍVEL E INCLUSIVO

Curso de Turismo Acessível e Inclusivo 

Duração: 25 horas

Fundamentação/ Introdução:

O turismo acessível e inclusivo sustentável ocupa um lugar de destaque no paradigma dos Estudos sobre o Turismo. Por conseguinte, o reconhecimento das contribuições para o desenvolvimento e promoção do turismo acessível e inclusivo, assim como a compreensão enfática de que os cidadãos locais são os primeiros beneficiários desses esforços, levaram-nos a concebermos este curso, sem pretensões exaustivas, alicerçando-o em três princípios basilares:

- Valemo-nos desta oportunidade de negócio para alargar, junto dos formandos, a base de mercado através do desenvolvimento de produtos e serviços que proporcionem experiências inclusivas.

- Proporcionaremos os instrumentos para abarcar os indivíduos intervenientes neste segmento, bem como as pessoas com deficiência e as pessoas com incapacidades autónomas concretas, bem como os idosos com restrições associadas à idade e aos requisitos de acessibilidade, arquitetados para sujeitos desprovidos de vulnerabilidades, e às famílias com crianças.

- O turismo é uma indústria que pode contribuir para uma cidadania global vocacionada para o respeito pela diversidade, inclusão e pela sustentabilidade, por esse motivo avaliamos criticamente os seus obstáculos e salientaremos os produtos e projetos de turismo enquadráveis em objetivos inclusivos e sustentáveis.

 

Objetivos gerais:

- Proporcionar as definições e o processo evolutivo da conceptualização deste segmento;

- Fornecer estratégias de análise necessárias para a interpretação de estudos de caso turísticos de modo a ser entendida a complexidade do desenvolvimento, promoção e manutenção da acesso-inclusão;

- Facilitar instrumentos para a mensuração da acessibilidade e da inclusão nos estabelecimentos turísticos, a fim de serem propostas medidas para a sua manutenção ou sugerir melhorias sustentáveis.

 

Objetivos específicos:

- Sensibilizar o formando para a cultura da valorização do valor idiossincrático do cliente;

- Promover estratégias de equilíbrio sócioespacial e de esbatimento da sazonalidade;

- Promover argumentos que aliem o envolvimento do turismo em práticas de sustentabilidade ambiental e responsabilidade social inclusivas apelando à requalificação dos destinos adaptados;

- Conceber a acessibilidade no turismo como um fator transversal presente nos elos das atividades que compõem o setor, passível de responder a questões concretas:

- Como melhorar a acessibilidade dos recursos turísticos?

- Como organizar atividades turísticas acessíveis e inclusivas?

- Como fazer um auto-diagnóstico da acessibilidade e fornecer informações corretas ao cliente?

 

Módulo I. Introdução

  • Definição de turismo acessível, inclusivo e sustentável
  • Turismo incluacessível em Portugal: lei e mais-valias económica
  • Inclusão e acessibilidade: conceptualizações com impacto na sustentabilidade

 
Módulo II. Identificação e valorização do cliente

  • Pessoas com deficiências e com incapacidades
  • Idosos, grávidas, crianças, entre outros
  • Tendências no turismo acessível
  • O aumento da população com deficiência e repercussão no turismo

 
Módulo III. Obstáculos principais ao turismo incluacessível

Obstáculos ambientais:

  • Planificação e reservas
  • Infraestruturas e transportes
  • Edificações e comunicações
  • Atividades associadas aos destinos

Obstáculos sociais:

  • Escassa consciencialização sobre a acessibilidade e a inclusão
  • Falta de formação nas empresas de âmbito turístico
  • Estereótipos

 
Módulo IV. Acessibilidade e a oferta turística

  • Alojamentos turísticos
  • Transportes
  • Rotas e circuitos turísticos
  • Recursos turísticos

 
Módulo V. Turismo incluacessível como oportunidade de negócio

  • As potencialidades do segmento originadas pelas mudanças demográficas e pelos estilos de vida
  • Reencaminhamento do turismo sénior
  • Como conceber roteiros turísticos incluacessíveis
  • Estratégias retóricas de persuasão ao turismo incluacessível
  • Estratégias distributivas e comercializadoras

 
Módulo VI. Inovação e sinergias na prestação de serviços

  • Propostas de elaboração planos de acessibilidade das estradas e dos espaços públicos
  • Propostas de realização de agendas de acessibilidade turístico-cultural
  • Propostas de planos de acessibilidades de transporte
  • Divulgação dos elementos cartográficos inclusivos (ex. passeios táteis)
  • Boas práticas empresariais (Accor Group, Sandic hotels, etc.)

 

O curso incluirá uma abordagem baseada no método hands-on e duas atividades no exterior do perímetro do ISCET. 

::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::
Formadora: Hélia Filipe Saraiva
Docente do ensino superior, é mestre em Estudos Anglo-Americanos e doutoranda em Ciências da Informação, tendo participado em vários congressos e colóquios onde apresentou comunicações a partir de investigações sobre acessibilidade e inclusão.
::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

Início: 
20/04/2017
  • Propinas

Custo: 100€.
As aulas decorrem à segunda e quinta-feira das 17:30h às 20:30h com início no dia 20 de abril. Inscrições até ao dia 13 de abril de 2017.

Durante o curso será realizada uma visita de estudo que decorrerá ao sábado.

 

Pedido de Informações