ISCET
Frequência em Unidades Curriculares

inner-group

Não completaste o 12º ano? Não obtiveste aprovação nas provas de ingresso? Não esperes mais. Começa já o teu caminho no ensino superior!

Podes inscrever-te em Unidades Curriculares Isoladas com a garantia, em caso de aprovação, de certificação e de creditação, se e quando ingressares no curso que as integre. Consulta todas as condições e inscreve-te.

Queres mais informações? Envia um e-mail para iscet@iscet.pt ou liga para o 222 053 685 e nós ajudamos-te durante todo o processo.

A inscrição e frequência de unidades curriculares isoladas, ao abrigo do Decreto-Lei n.º 65/2018, de 16 de agosto, estão sujeitas às seguintes normas:

1. Decisão do diretor mediante requerimento do interessado e avaliação das disponibilidades existentes, bem como do perfil curricular do(a) candidato(a).

2. Após admissão, o(a) estudante deverá proceder ao preenchimento de uma ficha de inscrição e ao pagamento das respetivas taxas e propinas, não se aplicando as disposições referentes a descontos no pagamento de taxas e propinas.

3. Quando pretenda a creditação de unidades curriculares isoladas, o(a) estudante deverá sujeitar-se à avaliação das mesmas e obter a respetiva aprovação.

4. Para efeito de certificação, quando o(a) interessado(a) seja admitido à matrícula e inscrição num ciclo de estudos do ensino superior após a obtenção das correspondentes condições de candidatura, matrícula e inscrição legalmente previstas e, tendo em vista o prosseguimento de estudos para a obtenção de grau académico ou diploma, pode ser creditada a formação realizada ao abrigo do disposto nos pontos anteriores ou no âmbito dos Cursos Técnicos Superiores Profissionais até ao limite de 50% do total de créditos do ciclo de estudos e sempre até a um número máximo de 60 créditos acumulados ao longo do respetivo percurso académico.

5. O(a) estudante pode optar pela frequência de unidades curriculares sem se submeter ao regime de avaliação, circunstância em que, se pretender que seja emitida uma declaração de frequência, deverá cumprir o estipulado no respetivo regime de frequência no que respeita à assiduidade.

6. Em cada ano letivo, desde que o(a) estudante esteja em regime de avaliação, só poderá inscrever-se até um limite máximo de 81 ECTS.

7. O(a)s estudantes já matriculados num curso de ensino superior podem inscrever-se em unidades curriculares singulares do plano de estudos de um outro curso, sendo emitidos certificados, desde que aprovados, que constarão do suplemento ao diploma.