ISCET
Gestão Hoteleira e Alojamento

Curso Técnico Superior Profissional em

Gestão Hoteleira e Alojamento

 

Quando te decides por um CTeSP, adquires:
  • Uma habilitação de ensino superior que te permite aceder de imediato ao exercício de uma profissão qualificada;
  • O direito de ter um conjunto de certificações/equivalências em disciplinas das licenciaturas do ISCET;
  • O direito de acesso a uma licenciatura sem teres de realizar as provas de ingresso dos exames nacionais;
  • A possibilidade de beneficiar de bolsas de estudo e de reduções de propinas.
 
Apresentação do curso

Número de registo na DGES - 325/2015

De acordo com dados do INE, em 2017, "a hotelaria alojou 19,8 milhões de hóspedes, que proporcionaram 55,7 milhões de dormidas, a que corresponderam aumentos de 10,1% e 8,4%, respetivamente". Neste contexto, os lucros globais da hotelaria subiram para 3,3 mil milhões de euros e os de aposento a 2,4 mil milhões de euros, à semelhança do que já se havia verificado no ano anterior.

Estes dados apontam para uma necessidade crescente de profissionais no setor e, de entre estes, naturalmente dos profissionais de Gestão Hoteleira e Alojamento. No que respeita à relevância e perfil dos profissionais da indústria hoteleira, transcreve-se a seguinte passagem do relatório final do estudo “Melhores Competências! Melhor Turismo!” da Confederação do Turismo Português: "(…) refira-se que os resultados do processo de inquirição permitem concluir que 44% das empresas respondentes ao inquérito afirmam que têm dificuldade em encontrar profissionais deste grupo de empregos com perfil adequado às necessidades da empresa".

Coordenador:

Fernando Tavares

 

Competências profissionais
  • Supervisionar, coordenar, organizar e controlar as secções do departamento de alojamento hoteleiro - front-office, andares e lavandaria e ou rouparia, assegurando a qualidade e a eficácia dos serviços disponibilizados;
  • Gerir os resultados financeiros do departamento de alojamento e definir preços de custo e preços de venda;
  • Coordenar a definição e a implementação de estratégias de comunicação que assegurem uma eficaz negociação com clientes, fornecedores e equipas de trabalho;
  • Definir e implementar a política comercial do departamento de alojamento, garantindo a qualidade dos serviços e a sua orientação para o cliente, através do incremento de estratégias de marketing, da implementação de instrumentos informáticos de gestão e da avaliação e análise de resultados;
  • Gerir a carteira de clientes e a negociação com fornecedores;
  • Coordenar os diversos aspetos inerentes à definição e ao funcionamento do circuito de mercadorias, com relevância para as correspondentes normas de receção, armazenamento e requisição;
  • Gerir pessoas e equipas no âmbito das operações hoteleiras, aplicando as técnicas de gestão mais adequadas.

  • Study Plan
  • Access Conditions
  • Tuition fees
  • Online Application
  • Teaching Staff
  • Internship locations
Semestre 1
Disciplinas Horas/Semana ECTS
Contabilidade Hoteleira 4 6,0
Ética Prática na Atividade Turística 3 3,0
Francês 3 3,0
Inglês 4 6,0

A Língua Inglesa é essencial na comunicação no mundo do turismo  e do comércio.

Na unidade curricular de Inglês, são abordados temas como os países de expressão de língua inglesa, a língua inglesa no quotidiano socioprofissional e as novas tecnologias, tipos de correspondência comercial bem como o inglês como língua de comunicação universal.

Marketing Hoteleiro 4 6,0

Com a frequência desta unidade cucrriuclar os alunos obtêm as bases de marketing que se revelam essenciais para que consigam perceber os impactos no mercado turístico, aplicando ferramentas aos diferentes processos nas situações de índole hoteleira, sendo dado especial destaque ao papel desempenhado pela promoção comercial no marketing mix.

Aprende-se a analisar os mercados turísticos com vista à identificação de estratégias para a sua segmentação, pelo que, as questões aplicadas a estudos de caso de marketing e hotelaria são importantes para o desenvolvimento da análise critica.

Português e Técnicas de Comunicação 3 3,0

Otimizar competências comunicacionais linguísticas é fundamental para a produção autónoma de textos orais e escritos no âmbito das comunicações formais. Ao adquirir, mobilizar e utilizar corretamente Técnicas de Comunicação, evidencia-se um progressivo aperfeiçoamento da expressão oral e escrita em Língua Portuguesa. 

Na disciplina de Português e Técnicas de Comunicação do ISCET, são abordados temas como: a Comunicação Oral em interação e a Comunicação Escrita; os elementos linguísticos da Comunicação; a produção de diferentes enunciados orais e de textos de diversas tipologias; a Comunicação presencial e não-presencial, verbal e não-verbal; comunicações de caráter administrativo e/ou comercial.

Semestre 2
Disciplinas Horas/Semana ECTS
Alojamento 3 3,0

A receção é o aspecto principal de qualquer região que deseje apostar no turismo e que veja nesta  atividade o meio sustentável para o desenvolvimento económico do país. Saber receber e saber acolher são qualidades que devem começar ao nível operacional onde se realiza o contacto direto entre o recetor e o visitante.

Os primeiros contactos de um cliente são sempre invariavelmente no departamento de Alojamento, seja através de telefone, portaria ou receção.

Empreendedorismo 3 3,0

O empreendedorismo e o espírito empreendedor são hoje lugares comuns na comunicação e nas políticas de desenvolvimento social e económico. A exemplo de outras universidades de referência, o ISCET inclui esta disciplina curricular com o objetivo de sensibilizar os alunos para uma via alternativa ao mercado do emprego, e para a qual importa conhecer o papel do empreendedor, os requisitos para empreender, as condições que favorecem a criação de novos negócios, e adquirir competências que permitam analisar e validar conceitos, simular projeções operacionais, económicas e financeiras, e definir estratégias de negócio com potencial de viabilidade, crescimento, sustentabilidade e rendibilidade.

Gestão de Comidas e Bebidas 4 6,0

A unidade curricular de Gestão de Alimentos e Bebidas visa contribuir para a formação dos alunos ao nível das atividades ligadas ao setor dos Alimentos e Bebidas, que se poderão desenrolar num hotel como numa unidade de restauração coletiva, como também num negócio próprio relacionado com a área.

São analisados diferentes formas de venda na restauração, demonstrando e compreendendo as características dos produtos, dos métodos de confecção, etc., e os diferentes segmentos da procura a que se destinam, bem como, a tematização do próprio espaço. A coerência de todos estes parâmetros é fundamental, mesmo antes de se iniciar com qualquer projeto neste setor.

São transmitidos aos alunos, aspectos, regras e cálculos, fundamentais para a criação de equipas de trabalho, para o controlo de custos e de receitas, de forma a minimizar os primeiros e optimizar os segundos, e ainda indicadores de gestão de alimentos e bebidas que permitirão a interpretação dos resultados obtidos.

Nesse sentido, os alunos são orientados no estudo de tabelas de capitações, de forma a calcular as capitações corretas para os diferentes tipos de clientes/serviços.

No final desta unidade curricular, o aluno deverá ser capaz de organizar, planificar, coordenar, controlar e analisar a gestão de um departamento de restauração.

Gestão de Contas de Clientes 4 6,0
Gestão de Negócio I 4 6,0

Num mundo em que a hotelaria evolui e se reinventa a cada passo, é imprescindível a aplicação de conhecimentos que nos permitam inovar, surpreender e antecipar tendências e concorrência, sem nunca esquecer, os desafios e exigências do hóspede num ambiente de custos controlados.

 Na unidade curricular de Gestão de Projecto I são debatidos temas como os conceitos básicos de gestão da receita (Revenue Management), reconhecendo a importância da valorização do relacionamento com o cliente. 

Gestão de Pessoas 4 6,0

A Gestão de Pessoas é atualmente, e cada vez mais, uma área estratégica da gestão das organizações, pelo meio da qual habilidades e métodos, políticas, técnicas e práticas são definidas com objetivo de potenciar os comportamentos internos e o capital humano em prol da performance global.

Na disciplina de Gestão de Pessoas, é abordada a Importância estratégica atual da gestão das pessoas e seus modelos, as diversas políticas de Recursos Humanos (recrutamento e seleção, remuneração, formação, avaliação de desempenho), as questões relacionadas com o comportamento individual e de equipa, alguns princípios e ferramentas inovadoras, como a aplicação do Coaching e a definição dos perfis profissionais.

Organização de Eventos 3 3,0

O mercado dos eventos constitui uma forte aposta como fator de desenvolvimento turístico, nomeadamente o setor do alojamento hoteleiro. Os alunos deste curso adquirirão competências no que diz respeito à organização, promoção, captação e supervisão dos eventos, assim como entender este mercado.

Semestre 3
Disciplinas Horas/Semana ECTS
Economia Aplicada ao Turismo 3 3,0
Espanhol Aplicado à Hotelaria 3 3,0
Gestão de Negócio II 3 3,0
Gestão e Controlo de Custos 3 3,0
Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho 3 3,0
Operações de Lavandaria e Rouparia 4 6,0
Operações de Receção e Andares 4 6,0
Tendência de Hotelaria 3 3,0
Semestre 4
Disciplinas Horas/Semana ECTS
Estágio 810 30,0
  • +23 Anos
  • Ensino Secundário ou habilitação equivalente
  • Titulares de diploma de especialização tecnológica
  • Titulares de um grau de ensino superior

Aprovação em provas de avaliação da capacidade para a frequência do ensino superior dos maiores de 23 anos;

Para iniciar o processo, através de Maiores de 23 (Decreto-Lei n.º 64/2006, de 21 de março) o(a) candidato(a) deverá apresentar a seguinte documentação original:

Cartão de cidadão (ou bilhete de identidade e Número de Identificação Fiscal)

Curriculum Vitae

Certificado de Habilitações

Curso de ensino secundário ou habilitação equivalente nas seguintes áreas relevantes para ingresso: Português ou Economia ou Geografia

Os candidatos que não tenham disciplinas nestas áreas, poderão efetuar uma prova de ingresso numa delas no ISCET.

Para iniciar o processo, o(a) candidato(a) deverá apresentar a seguinte documentação original:

Cartão de cidadão (ou bilhete de identidade e Número de Identificação Fiscal)

Certificado de Habilitações 

 

Titulares de diploma de especialização tecnológica;

Para iniciar o processo, o(a) candidato(a) deverá apresentar a seguinte documentação original:

Cartão de cidadão (ou bilhete de identidade e Número de Identificação Fiscal)

Certificado de Habilitações

Titulares de grau de ensino superior;

Para iniciar o processo, o(a) candidato(a) deverá apresentar a seguinte documentação original:

Cartão de cidadão (ou bilhete de identidade e Número de Identificação Fiscal)

Certificado de Habilitações

CANDIDATURA

€120

(Até 15 de julho desconto de 20% no valor da candidatura)

MATRÍCULA/INSCRIÇÃO   

€ 110 

€ 30 Seguro escolar (anual)

PROPINAS

€ 200 - Valor mensal de 11 prestações, setembro a julho

€ 2.090 - Pronto pagamento (Beneficia de 5% de desconto)

 

FINANCIAMENTO

Linha de financiamento para empréstimos aos estudantes do ensino superior Crédito para Estudantes do Ensino Superior com Garantia Mútua.

 

BOLSAS DE ESTUDO

O(A)s estudantes do ISCET poderão candidatar-se ao Sistema de Bolsas de Estudo através da DSAE - Direção de Serviços de Apoio ao Estudante.

 
PORTUGAL 2020

Há ainda a possibilidade de eventual financiamento pelo quadro de apoios PORTUGAL 2020.

Para mais informações clique em Candidatura Online.

Fernando Oliveira Tavares

Doutor em Gestão Industrial - especialização em Finanças - pela Universidade de Aveiro e em Análise Económica e Estratégia Empresarial pela Universidade de Vigo, mestre em Finanças pela Universidade Portucalense e licenciado em Gestão e Contabilidade pelo Instituto Superior de...

AC Porto Hotel

HF Fénix Porto

HF Hotel Tuela

HF Ipanema Park

HF Ipanema Porto

Holiday Inn Porto Gaia

Hotel Vila Galé Porto

Intercontinental Porto Palácio das Cardosas

Sheraton Porto Hotel & Spa

Pedido de Informações