ISCET
CHIP ISCET

inner-group

Âmbito

Nunca, como nos tempos que correm, a herança cultural do passado foi tão valorizada, estudada e procurada, por investigadores, investidores ou turistas que vivem, estudam ou visitam centros históricos, entre outras áreas que são também territórios turísticos, em busca do que muitos designam de património cultural.

É talvez o resultado de uma obsessão nostálgica da contemporaneidade que mobiliza e deslocação de pessoas e cria uma necessidade de conservar o passado.

Se não para todos, pelo menos para muitos, o desaparecimento de qualquer edifício antigo, fruto do desleixo do proprietário, da força das intempéries ou de decisões de renovação ou urbanização do espaço urbano, é sempre origem de protestos ou lamentos sobre o que se perdeu.

Por vezes, a fundamentação da perda alimenta-se da história, tantas vezes desconhecida ou fundada em inverdades, outras da “identidade do lugar”, em leituras mais geracionais que perenes, muitas ainda alicerçadas em critérios estéticos e de descrença no presente e no futuro da arquitetura, do urbanismo, da cultura e do ser humano na sua globalidade.

 

Contudo, na maior parte das vezes, de pequenos ou marginais pedaços de cidade, edifícios e estruturas físicas urbanas, identificadas como valiosas ou a salvaguardar por alguém mais atento ou nostálgico, pouco ou nada se sabe, nem facilmente se saberá, por ausência de estudos aprofundados, por escassa divulgação de investigações já realizadas ou, pura e simplesmente, pela forma fragmentada como a informação se encontra organizada, em múltiplos arquivos, registos e bibliotecas, de forma avulsa e desordenada.

É nas malhas de tal realidade que o CHIP tem a sua génese. Na busca de uma estrutura organizada de informação que permita a todos aqueles que pretendem saber mais sobre o edificado da sua cidade, seja com que intuito for, um acesso simplificado, ordenado e metódico às características físicas, à história do edifício e do lugar, e à situação atual do que é visto como parte da estrutura patrimonial edificada da cidade do Porto.