ISCET
Alunos • Erasmus

inner-group

Guia de Mobilidade

O programa está aberto a estudantes dos Cursos Técnicos Superiores Profissionais e dos ciclos de estudo de Licenciatura e de Mestrado do ISCET que pretendam frequentar, num determinado ano letivo, unidades curriculares numa das Instituições com as quais o ISCET possua um Acordo Interinstitucional válido para esse ano letivo ou realizar estágios curriculares em empresas dispostas a aceitar e assinar planos de estágio através da assinatura de um Training Agreement (no âmbito do Programa Erasmus+).

 

Tipos de mobilidade

SMS – mobilidade de estudantes para fins de estudos

SMP – mobilidade de estudantes para estágios

STA – mobilidade de docentes para fins de ensino

STT – mobilidade de pessoal não docente e docentes para fins de formação

 

Tempo de duração das mobilidades

- O período de mobilidade de estudantes para fins de estudos e estágios tem a duração mínima de três e máxima de 12 meses

- A mobilidade de docentes para fins de ensino obriga a 8 horas de atividade letiva

- A mobilidade para fins de formação tem a duração de 5 dias

 

Procedimentos para candidatura para fins de ensino ou formação

O(A)s docentes que pretendam participar em programas de mobilidade para fins de ensino ou formação, devem contactar instituições onde queiram realizar a mobilidade de modo a obter a sua aceitação. Este requisito é obrigatório para efetuar a candidatura junto do ISCET.

 

Candidaturas

- As candidaturas do(a)s estudantes são submetidas online em: http://www.iscet.pt/pt-pt/erasmus-alunos

- As candidaturas de docentes para fins de ensino ou de pessoal docente e não docente para formação são submetidas através do preenchimento dos contratos de Mobility Agreement.
Prazos de candidatura: até 30 de julho do ano letivo anterior à mobilidade
 

Antes da mobilidade
Após a publicação dos resultados de seleção e seriação, o(a)s estudantes dispõem de dez dias úteis para confirmarem junto do Gabinete de Relações Internacionais a respetiva candidatura.

 

Período de mobilidade

As datas de mobilidade para efeitos de estudos e estágio são estabelecidas através de um contrato financeiro individual e de um acordo (Learning Agreement) celebrado entre a Instituição de acolhimento e/ou empresa e o ISCET. As datas e o destino serão utilizados como referência para atribuição do valor da bolsa. No caso de haver alteração de datas (redução ou extensão do período de mobilidade), o(a) estudante deve informar o ISCET sobre as razões dessa alteração até 30 dias antes do término do período. Nestas circunstâncias poderão ocorrer ajustes ao valor total da bolsa.

O(a)s estudantes sem bolsa (Bolsa zero) podem participar no Programa de mobilidade e usufruírem de todos os direitos e obrigações equivalentes a qualquer estudante Erasmus+.

 

Contrato de estudos (Higher Education Learning Agreement for Studies)

O contrato de estudos deve ser elaborado através da consulta do plano de estudos e programas das unidades curriculares nas instituições de acolhimento, e ser assinado pelo(a) estudante, pelo(a) Coordenador(a) Institucional Erasmus do ISCET e pela Instituição de acolhimento, antes do início do período de mobilidade.

As unidades curriculares constantes do plano de estudos devem corresponder a 30 ECTS, número equivalente de créditos por semestre, na Instituição de origem.

Qualquer proposta de alteração ao contrato de estudos inicial deverá ocorrer até 30 dias após a chegada do estudante à Instituição de acolhimento.

 

Como preencher o contrato de estudos (Learning Agreement)

→ Escolher as unidades curriculares constantes no catálogo dos cursos disponíveis na página web da Instituição de acolhimento e preencher a tabela 1;
→ Completar a tabela 2 com as unidades curriculares equivalentes na Instituição de origem;
→ Assinar o contrato, solicitar assinatura do(a) Coordenador(a) Institucional e enviar ao Gabinete de Relações Internacionais da Instituição de acolhimento;
→ Solicitar à universidade de acolhimento a validação do contrato de estudos e a emissão de uma carta de aceitação.

 

Contrato de estágios (Higher Education Learning Agreement for Traineeship)

A mobilidade para fins de estágios curriculares em empresas implica a assinatura de um contrato Learning Agreement for Traineeship entre o ISCET e a empresa que se disponibiliza a aceitar e a acompanhar o referido estágio.

 

Apoio linguístico

Um dos objetivos do programa Erasmus+ da UE para a educação, formação, juventude e desporto é o de contribuir para o aprofundamento das competências linguísticas. O OLS (Online Linguistic Support) é um suporte de aprendizagem de línguas, sendo que a sua utilização tem caráter obrigatório para todos os participantes em programas de mobilidade Erasmus+.

Com o objetivo de se avaliar os progressos linguísticos relativos à língua utilizada durante a mobilidade, o(a) estudante Erasmus+ deve submeter-se à avaliação em dois momentos: antes e no fim do período de mobilidade.

 

Cartão Europeu de Seguro de Doença (European Card Health Insurance)

O(A)s estudantes que participam em mobilidade Erasmus+ terão de ser portadore(a)s do Cartão Europeu de Segura de Doença, válido para o total período de mobilidade. Este cartão pode ser solicitado à Segurança Social do país de origem.

 

Durante a mobilidade para fins de estudos

Após chegar ao país de destino, o(a) estudante deve dirigir-se à Instituição de acolhimento para:

→ contactar o Gabinete de Relações Internacionais;

→ assinar o certificado de chegada e enviá-lo posteriormente à Instituição de origem;

→ obter o horário das aulas;

→ verificar se existe conflito de horário entre as unidades curriculares e os horários a frequentar;

→ cumprir os regulamentos de avaliação da Instituição de acolhimento;

→ obter aprovação a 80% dos ECTS.

 
Durante a mobilidade para fins de estágio

Após chegar ao país de destino, o(a) estudante deve:

→ apresentar-se na empresa na data e hora de acordo com o estipulado no acordo assinado entre o(a) estudante, o ISCET e a empresa/organização;

→ cumprir o horário de trabalho;

→ desenvolver as atividades propostas;

→ respeitar a cultura da empresa/organização;

→ vivenciar culturas e experiências diferentes;

→ aprender a trabalhar em contexto internacional.

 

Fim do período de mobilidade

Após a conclusão do período de mobilidade para fim de estudos, a Instituição de acolhimento emite e envia ao ISCET um registo de notas relativo a cada estudante (Transcript of Records), assim como um certificado de frequência mencionando a data de início e termo da mobilidade.

No caso de mobilidade para fins de estágio, as empresas/organizações deverão completar a Tabela D (Traineeship Certificate by the Receiving Organization/Enterprise) constante do Higher Education Learning Agreement for Traineeship, fornecendo informação qualitativa e quantitativa sobre o desempenho do estagiário.

As classificações obtidas por cada estudante, quer em mobilidade de estudos, quer em estágio, são reconhecidas e registadas pela Instituição de origem (ISCET).

Todo(a)s o(a)s estudantes, após regresso à Instituição de origem, são obrigados a preencher um questionário online para efeitos de monitorização do programa de mobilidade Erasmus+.