inner-group

 NORMAS DE FUNCIONAMENTO DO ESTÁGIO

 

1. O estágio corresponde ao 6ª semestre dos ciclos de estudos de licenciatura e tem como objetivo principal a aquisição e mobilização de competências específicas para a prática profissional, na área pretendida, proporcionando ao(á) estudante a integração em ambientes organizacionais/empresariais, suscetíveis de lhe permitirem a problematização e o desenvolvimento integrados e orientados de conhecimentos e competências.

2. O estágio é realizado em contexto institucional numa entidade de acolhimento externa ou sob a forma de actividades de criação e implementação de projetos profissionais.

3. O(A) estudante usufruirá de 1 hora semanal de orientação tutória, num, total de 15 horas no correspondente semestre. O trabalho independente do(a) estudante deverá totalizar 552 horas, onde se inclui o tempo de estudo e preparação individual dispendido de que faz parte a preparação do relatório de estágio. Decorre daqui que ao estágio deverão corresponder 500 horas na entidade de acolhimento, segundo horário que deve ter em conta as disponibilidades quer do(a) estagiário(a), quer da entidade onde o estágio se realiza, incluindo-se aqui, quando for o caso, o local de realização das actividades de criação e implementação de projetos profissionais.

4. As atividades de estágio são necessariamente acordadas caso a caso, no respeito pelos objetivos científicos do curso e da idiossincrasia da entidade de acolhimento. Caberá ao(á) supervisor(a) designado(a) pela entidade de acolhimento a definição das funções a desempenhar e sobre as quais versará a avaliação do desempenho prático do(a) estudante estagiário(a), no contexto de um diálogo com ISCET.

5. O estágio será orientado(a) por um(a) supervisor(a) designado(a) pela entidade de acolhimento - a quem competirá assegurar o acolhimento e integração do(a) estudante no ambiente de trabalho - e acompanhado, para além do(a) docente que assegurada a orientação tutorial, por um(a) responsável designado(a) pelo ISCET a quem compete manter uma ligação sistemática com o local de estágio, devendo haver uma articulação institucional entre todos os intervenientes.

5.1. O(A) supervisor(a) é designado(a) pela entidade de acolhimento tendo em consideração o seu perfil profissional em termos de adequação à natureza do estágio, a experiência anterior em idênticas funções, a capacidade de exercer atividades de formação, a disponibilidade de tempo para o exercício destas funções.

5.2. A apreciação do desempenho prático deverá ser efetuada pelo(a) supervisor(a) de acordo com uma grelha de avaliação concebida e disponibilizada pelo ISCET. Compete ao(á) estudante a elaboração de um relatório crítico acerca da actividade de estágio, o qual será apreciado pelo(a) responsável pela unidade curricular de estágio. A nota de estágio será obtida pela média destes dois instrumentos de avaliação.

6. O GESP-Gabinete de Estágios e Saídas Profissionais procurará oferecer, antes do 6º semestre, o número de estágios suficiente para satisfazer o correspondente número de interessado(a)s, não podendo, no entanto, responsabilizar-se por assegurar a totalidade das vagas, devendo por isso também o(a)s estudantes procurar e propor possíveis locais de estágio.
6.1. Em caso de impasse ou em função da natureza da formação pretendida, poderá o ISCET propor a realização do estágio sob a forma de actividades de criação e implementação de projetos profissionais.

7. O estágio deve, sempre que possível, ter o seu início e conclusão em data de acordo com o calendário escolar, podendo aceitar-se adaptações de datas sempre que tal seja imposto por interesses de formação do(a)s estudantes ou conveniências institucionais das entidades de acolhimento.
 
8. O(A) estagiário(a) deverá ter em conta as normas de confidencialidade a que se encontra sujeito, nomeadamente na utilização dos dados fornecidos pela entidade de acolhimento.

9. O(A) estagiário(a) obriga-se a cumprir todas as obrigações expressas no protocolo de estágio, nomeadamente as de aceitar, na realização das suas tarefas, os deveres de respeito pelas hierarquias, de zelo, sigilo, assiduidade e pontualidade, bem como de adequado comportamento ético e cívico, a par do cuidado a ter com todos os bens que lhe sejam confiados.

10. O estágio encontra-se ao abrigo do seguro escolar. Trabalhos realizados fora do local de estágio deverão ser comunicados ao ISCET. Durante o período de estágio, o estudante permanecerá sob responsabilidade académica da Direção do ISCET.

Porto, 18 de maio de 2016